blogado
  Você fez, leu, pensa em fazer... já está BLOGADO.
blogado Ribeirão Preto Dicas, Notícias e Muito mais...
 
 Impressão 3D chega ao iPhone 6 com lançamento de novo scanner
O iSense, scanner 3D doméstico para iPod, agora também está disponível para iPhones. A 3D Systems, empresa desenvolvedora do aparelho, anunciou o lançamento nessa semana, além de uma grande atualização para o aplicativo do gadget, tanto para usuários de iPad como de iPhone. 
O novo iSense é compatível com os smartphones iPhone 6 e iPhone 6 Plus e também conta com uma case exclusiva que pode ser encaixada no iSense. Já a nova versão do aplicativo é gratuita e oferece maior acompanhamento, mapeamento de textura e aumento da velocidade, se tornando até três vezes mais rápido que as versões anteriores.
O dispositivo, com design compacto, transforma o iPhone em um scanner 3D com reconhecimento automático de objetos para extrair aspectos precisos e até mesmo fundos visualmente complexos. O escaneamento pode ser feito entre cinco e 30 segundos e o app ainda apresenta corte rápido e ferramentas de valorização e solidificação.
A partir do aplicativo, você envia o comando para uma impressora 3D para que os objetos possam ser impressos. O iSense é compatível com qualquer modelo de impressora 3D da 3D Systems. A empresa oferece modelos dos mais diversos, com preços que variam entre o equivalente a R$ 3,4 mil e mais de R$ 250 mil, dependendo do tamanho máximo do objeto, resolução, tecnologia de impressão e matéria-prima.
A chegada do iSense aos smartphones pode ajudar a popularizar a tecnologia de impressão 3D. Como o dispositivo é compacto e muito simples de usar, pode fazer sucesso entre os usuários de iPhone. Com ele, é possível criar presentes de última hora e diversos objetos de decoração, por exemplo. Porém, a necessidade de ter uma impressora 3D pode dificultar, já que aumenta muito os custos.
O iSense para iPhone pode imprimir objetos em 3D em questão de poucos minutos. Ele está disponível para pré-venda no Cubify e outros distribuidores e começará a ser distribuído no dia 7 de julho. Ele custa U$ 499 (cerca de R$ 1.550,69 em conversão direta) e pode ser enviado para o Brasil.
 
 
 Transgrida o IOS do seu iphone 6 de IOS 9 para IOS 8.4
O iOS 9 teve a primeira versão beta pública lançada no início de julho e trouxe várias novidades. Se você instalou para testar os novos recursos e está com problemas, pode voltar para o iOS 8.4. Confira a dica e veja como reinstalar a última versão do sistema anterior ao beta. O procedimento é o mesmo para iPhones, iPads e iPods.

Preparativos
Passo 1. Em seu computador, acesse o site ipsw.me. Nele, selecione o modelo do seu aparelho e, à direita, a última versão estável do iOS – em verde. Vale ressaltar que só é possível voltar para a versão mais recente. Nesse caso, o iOS 8.4;
Passo 2. O download pode demorar algumas horas para ser concluído, dependendo da velocidade da sua conexão. Nesse tempo, caso ainda não tenha feito, aproveite para instalar o iTunes e fazer um backup do seu aparelho, tanto no computador quanto pelo iCloud;

Desativando busca
Passo 3. Para restaurar um iPhone, iPod ou iPad com a versão anterior do sistema, primeiro é necessário desativar a ferramenta de busca. Para isso, Acesse as configurações do iOS e toque em “iCloud”. Em seguida, toque em “Buscar iPhone” – ou “Buscar iPad”;
Passo 4. Desative a opção “Buscar iPhone” ou “Buscar iPad”, dependendo do tipo do seu dispositivo. Por fim, digite a senha da sua conta iCloud, para desativar a busca;

Fazendo downgrade
Passo 5. Após concluir o download do arquivo IPSW, abra o iTunes e conecte o seu gadget ao computador. Em seguida, clique sobre o ícone do dispositivo, no canto superior esquerdo da janela;
Passo 6. Pressione a tecla “option” e, à direita, clique sobre o botão “Restaurar iPhone…”. Caso esteja usando o Windows, pressione a tecla “shift”;
Passo 7. Por fim, localize o arquivo IPSW baixado e confirme que deseja restaurar o dispositivo. Algumas pessoas recomendam colocar o iPhone ou iPad em modo DFU antes de restaurar o sistema, mas o procedimento não é obrigatório.

Pronto! O seu iPhone ou iPad será restaurado com a versão estável do iOS. Se você fez backup dos dados durante o processo de configuração inicial, terá a opção de restaurá-los.
 
 
 Descubra como liberar espaço no seu iphone 6
Todo mundo que tem um iPhone ou iPad e já se deparou com pouco espaço no disco do smartphone sabe o quanto esta situação pode atrapalhar funções comuns, como tirar fotos e instalar aplicativos. É comum tentar solucionar o problema apagando as imagens ou removendo outros apps, mas existem outras medidas que podem ser tomadas para ajudar. Veja uma lista com dez dicas para ganhar espaço no iOS.

1. Libere espaço com o app PhoneClean
A primeira dica é baixar o aplicativo PhoneClean no TechTudo Downloads. O programa fará uma varredura no sistema operacional e hard disk de seu aparelho, buscando arquivos que estejam sobrando e que "congestionam" a memória do telefone ou do tablet. Dentre os tipos de arquivos que serão limpos, estão caches, cookies, dados offline e temporários.
Esta também uma ótima dica para os que estão sentindo que o iOS está mais lento do que deveria, uma vez que o programa ajuda na otimização do smartphone e, consequentemente, fará com que ele fique mais rápido.

2. Limpe a lista de leitura do Safari
O Safari, navegador nativo do iOS, tem uma função bem legal, a lista de leitura, que permite ao usuário salvar qualquer link para ler posteriormente. Porém, como o recurso disponibiliza todo o conteúdo salvo para ler até offline, isso significa que ele salva esses dados no seu iPhone, e guarda tudo em cache.
Para apagar todo esse conteúdo, basta ir em Ajustes > Geral > Uso > Gerenciar Armazenamento > Safari. Ao fazer isso, você verá o botão “Editar” no topo. Aperte ali e exclua a Lista de Leitura Offline.

3. Faça backup de suas fotos e vídeos
É inevitável: apagar as fotos e os vídeos do seu smartphone é a maneira mais rápida de conseguir espaço livre no disco do aparelho. Para você não perder esse conteúdo, faça o backup para um computador, um HD externo ou mesmo para nuvem, através dos serviços disponíveis como Dropbox, iClound, Skydrive e outros. 

4. Limpe o histórico do navegador 
Pode parecer óbvio, mas pouca gente faz. Para recuperar o espaço ocupado pelos dados do histórico, vá em Ajustes > Safari> Limpar Histórico e dados dos sites. É simples, mas resolve boa parte do problema.

5. Pare de salvar as fotos originais no Instagram
Toda vez que você compartilha uma foto no Instagram, o aplicativo salva no seu celular uma foto diferente com os filtros que você utilizou, além da foto original. Dessa forma, você fica com duas fotos praticamente iguais no dispositivo. Para que a rede social pare de salvar essas fotos duplicadas, entre no Instagram e vá até as configurações do app. Depois basta desmarcar a opção “Salvar fotos originais”.

6. Não guarde as mídias do WhatsApp
Com a troca de imagens e vídeos pelo WhatsApp cada vez mais comum, os smartphones ficam ainda mais sem espaço livre. Para resolver esse inconveniente, entre no mensageiro e clique em Ajustes. Depois, acesse Ajustes de Conversa e desmarque a opção Salvar Mídia Recebida, como mostra a imagem.

7. Não mantenha duas fotos iguais ao usar o recurso HDR
O recurso HDR, do inglês “High Dinamic Range” ou “Grande Alcance Dinâmico”, ajusta imagens que têm áreas claras e escuras (entenda o que é a função HDR no app de câmera do iOS). Porém, para conseguir uma foto com essa característica, a câmera captura, pelo menos, três imagens com exposições diferentes da mesma cena. Isso pode fazer com que o seu álbum de fotos do iOS tenha imagens repetidas.
Para se certificar de que você não está com fotos duplicadas no iPhone ou iPad, entre em  Ajustes > Fotos e Câmera > e desmarque a opção no final Manter Foto Normal.

8. Mantenha só as músicas que você realmente ouve
Pare e pense: você realmente precisa de todas as músicas que estão no seu smartphone? Se a resposta for não, faça uma varredura do que você não escuta mais e apague as músicas que você não ouve com tanta frequência.
Aproveite e apague suas músicas duplicadas. O iTunes faz isso autonomamente, o que é muito útil para organizar sua biblioteca. O recurso pega o nome de todas as faixas e lista as que possuem nomes iguais.

9. Elimine mensagens antigas SMS ou do iMessage
Poucos conhecem esse recurso, mas o iPhone permite que os usuários do iMessage apaguem automaticamente as mensagens. Por padrão, a configuração vem em “Sempre”, o que fará com que as mensagens não sejam apagadas nunca, porém, você pode mudar esse tempo de armazenamento para um ano ou 30 dias. Para isso, entre em Ajustes > Mensagens > Manter Mensagens. Clique no tempo de sua preferência.

10. Descubra quais apps estão monopolizando mais espaço 
É bem simples descobrir quais apps estão gastando mais a memória do seu smartphone. Para isso, entre em Ajustes > Geral > Uso > Gerenciar Armazenamentos. Agora, resta decidir quais aplicativos ficam e quais você vai remover do aparelho.
 
 
 Novo aparelho para o iphone 6 plus e o ipad
Os óculos AirVR prometem levar os usuários do iPhone 6 Plus e iPad mini a uma realidade virtual em 3D. O novo par de lentes foi divulgado no site Kickstarter, e seu projeto de financiamento coletivo precisa arrecadar US$ 20 mil (R$ 47 mil) até o dia 16 de outubro. O dispositivo custa US$ 49 (R$ 115, sem impostos), com previsão de entrega para dezembro deste ano, caso o produto seja um sucesso. No Brasil, a empresa canadense Metatecture cobra um frete que é variável, que deve ser escolhido pelo próprio cliente.
A tecnologia do AirVR é similar ao Gear VR, da Samsung, que utiliza aparelhos móveis Galaxy como visores. Ele também concorre com o Oculus Rift, cuja fabricante foi comprada pelo Facebook em março, por US$ 2 bilhões (R$ 4,7 bilhões). O par de lentes do AirVR é estereoscópico, ou seja, passa a impressão de imersão em um ambiente tridimensional. A versão que funciona com o iPhone 6 Plus se chama AirVR+.
O acessório apresenta um painel de botões chamado TouchStrip, que permite mexer com aplicativos de seu tablet ou smartphone assim que ele estiver conectado. A tecnologia MFi iOS também possibilita ligar gamepads para apreciar jogos com o AirVR. O gadget tem acelerômetro, giroscópio, GPS, sistema de desenvolvimento Unity e pesa 190 gramas no modelo padrão normal. A versão para iPhone 6 Plus pesa um pouco menos: 150 gramas.
Os chamados PhotoVR e MovieVR são aplicativos que fornecerão novas dimensões de fotografias e filmes armazenados. Já o programa PanoramaVR oferece a opção de registro de imagens em 360 graus.
 
 
 Você realmente sabe usar o seu iphone 6? Confira
Apesar do preço "salgado", o iPhone 6 trouxe recursos que o mantiveram no pódio de melhores smartphones do mercado. Porém, diante de tantas funcionalidades, boa parte das pessoas sequer sabe o que fazer para tirar o máximo de proveito do aparelho e do sistema iOS. Confira uma lista cheia de dicas e truques para deixar o smart da Apple ainda melhor.

1. Crie uma ficha médica para situações de emergência 
O iOS 8 tem uma funcionalidade que pode ser muito útil em casos de emergência. Os usuários que desejarem podem cadastrar uma ficha médica dentro do app Saúde - aplicativo nativo do iPhone 6. Nela é possível informar dados importantes como tipo sanguíneo, ficha médica, contatos para recorrer em casos urgentes e mais. O mais interessante é que esses dados podem ser acessados a qualquer momento, sem precisar desbloquear o iPhone. 

2. Economize bateria deixando a tela do aparelho em preto e branco
O iPhone permite que o usuário customize uma série de opções do aparelho, inclusive a cor da tela. Para deixá-la em preto e branco, entre em "Ajustes" > "Geral" > "Acessibilidade" > "Tons de cinza". Este recurso pode ser um ótimo aliado para economizar a bateria do seu gadget.

3. Ligue o Acesso Guiado para limitar os apps que podem ser abertos
Esta função pode ser muito interessante para quem tem criança em casa. Isso porque ela limita seu dispositivo a um único app e permite que você controle quais recursos estarão disponíveis para serem usados. Dessa forma, você poderá restringir temporariamente o dispositivo iOS a um app específico ou desativar áreas da tela que não são pertinentes. Para isso, acesse "Ajustes" > "Geral" > "Acessibilidade" > "Acesso guiado". Este é um recurso pouco conhecido, mas permite que pais controlem o que seus filhos acessam e funciona também para bloquear o conteúdo de outros adultos enxeridos. 

4. Oculte imagens do álbum de fotos
O iPhone 6 traz um recurso que permite "esconder" imagens do álbum de fotos. Para isso, pressione a figura que deseja ocultar e aguarde. O iPhone mostrará duas opções: copiar e ocultar. Aperte em Ocultar e a imagem não vai mais aparecer naquele álbum.  

5. Edite textos dentro do Bloco de notas
Uma função bem legal do iPhone 6 é poder editar textos dentro do Bloco de notas - app nativo do dispositivo. É possível colocar palavras em negrito, itálico, sublinhada ou até acrescentar imagens dentro do documento. Para editar uma palavra, selecione-a - como no procedimento usado para copiar. Depois de selecionada, vão aparecer opções como "Cortar", "Copiar", "Colar" e uma seta para o lado direito. Clique na seta e você poderá ver mais opções. Feito isso, aperte em BIU. Pronto, agora você verá alternativas como colocar em negrito, itálico ou sublinhado. 
Para inserir uma foto dentro do texto, selecione uma palavra e você verá a opção "Inserir uma foto". Ao clicar, o iPhone te redirecionará para o álbum de fotos. Basta selecionar a que você deseja que apareça. 

6. Nomeie grupos de mensagens 
Para facilitar a vida dos usuários, o gadget da Apple criou uma função que ajuda a organizar o app nativo Mensagens (ou SMS). É possível nomear conversas quando mais de uma pessoa fizer parte da mensagem. Basta acessar a palavra "Detalhes", no topo direito da tela e escolher um nome para o grupo, como mostra a foto acima. Simples, não é? 

7. Compartilhe sua localização com um contato
Ainda falando sobre o aplicativo Mensagens, é possível usar o programa para enviar sua localização para um contato. Para isso, entre em "Detalhes" e aperte "Compartilhar Localização". Você pode selecionar se deseja compartilhar sua localização por uma hora, até o fim do dia ou sem limite - como indica a imagem acima. 

8. Configure seu smart para apagar mensagens frequentemente 
Existe uma forma de configurar o aplicativo Mensagens para que as conversas trocadas com outros contatos sumam de acordo com o tempo que você programar. Para isso, entre em "Ajustes" > "Mensagens" > "Manter mensagem". Selecione se você deseja mantê-las por tempo indeterminado, um ano ou 30 dias. 

9. Escaneie seus cartões de crédito
Para quem costuma fazer compras online, essa pode ser uma ótima funcionalidade. O iOS 8, além de salvar o número dos seus cartões de crédito, ainda permite usar a câmera para escanear um cartão. Assim, os usuários não precisam mais perder tempo digitando os números e o risco de digitar algo errado acaba, pois os dados como nome, número e data de validade do cartão são preenchidos automaticamente. O recurso também está disponível no Safari, quando um campo de cartão de crédito é identificado – basta tocar em “Preenchimento Automático” e “Usar Câmera”.

10. Veja qual app está acabando com a sua bateria
O iOS 8 conta com um recurso útil para quem precisa passar muito tempo com o iPhone ou iPad longe da tomada. Agora, o sistema registra o gasto energético de cada aplicativo e "dedura" os vilões da bateria. Com essa informação, o usuário pode desinstalar o aplicativo, evitar usá-lo quando precisar poupar a bateria ou bloquear a execução em segundo plano. Para isso, entre em "Ajustes" > "Geral" > "Uso" > "Uso da bateria". 
Após identificar os aplicativos que mais consomem bateria, você tem três opções: desinstalar, evitar usá-los quando estiver com pouca carga ou desativar a atualização em segundo plano.
 
 
 Como receber ligações apenas dos favoritos no iphone 6
Bloquear contatos no iPhone é uma excelente opção para quem não deseja ser incomodado. O que pouca gente sabe é que a ferramenta “Não Perturbe” conta com uma opção que permite receber ligações apenas de contatos favoritos. Para entender a função, veja o nosso passo a passo.

Passo 1. Siga até as configurações do sistema e acesse “Não Perturbe”. Em seguida, entre em “Permitir Ligações de”;
Passo 2. Marque a opção “Favoritos”. Agora, com Não Perturbe ligado, você receberá apenas ligações de seus contatos marcados como favoritos. Para ligar o Não Perturbe é simples. Basta abrir a central de controle do iOS e tocar sobre o ícone de lua.

Pronto. Aproveite a dica e mantenha seu iPhone recebendo ligações apenas de pessoas que você considera importantes.
 
 
 Como melhorar a qualidades da chamada do iphone 6
O iOS conta com uma opção de acessibilidade que permite deixar o som das chamadas telefônicas com menos ruído. O recurso, embora seja destinado a pessoas com necessidades especiais, pode ser usado para melhorar a qualidade das ligações em ambientes com muito barulho. Confira como ativar o "cancelamento de ruído" em seu iPhone.

Passo 1. Acesse as configurações do iOS e toque em “Geral”;
Passo 2. Em seguida, toque em “Acessibilidade”. Por fim, deslize a tela até a seção “Audição” e ative a opção “Cancelamento de Ruído”.

Pronto! Com essa dica simples, a qualidade do som das suas ligações deve melhorar em ambientes com muito ruído.
 
 
 Como boquear musicas consideradas explicitas no iphone 6
Alguns usuários do Apple Music, serviço de streaming de músicas, se depararam com um problema, no mínimo, inconveniente. Algumas faixas e até mesmo álbuns inteiros estavam desativados. Inicialmente se pensou que eram porque tais faixas não estavam disponíveis no Brasil, mas não é bem por aí.
As faixas ficam marcadas como explícitas e são "puladas" pelo player, que mostra os títulos em cinza. Em rádios e playlists, elas também não aparecem. Álbuns de rap chegam a ficar totalmente bloqueados.
Uma rápida investigação nos dados da faixa, mostra que as músicas que contém "letras vulgares" ou outras palavras de baixo calão são classificadas como “Inadequadas" e marcadas por um "E" vermelho. 
A Apple entende que essas músicas são ofensivas e acha por bem escondê-las dos seus usuários, de forma conservadora. Aprenda a ativar tais faixas e ouça a música que você quiser no PC ou no iPhone.

Passo 1. Acesse o aplicativo “Ajustes” e depois vá em “Geral”. Em seguida, toque em “Restrições”;
Passo 2. Toque em “Ativar Restrições”, se ela já não estiver ativa. Será necessário digitar a sua senha duas vezes;
Passo 3. Vá até a sessão “Conteúdo permitido” e acesse o item “Música e Podcasts”;
Passo 4. Ative a opção “Explicit”. Se ela já estiver ativada, desative e logo em seguida ative novamente;
Passo 5. Volte para a tela anterior e desative as restrições, se assim desejar.

Quem usa o Apple Music pelo computador, seja ele Windows ou Mac, pode se deparar com a mensagem abaixo no iTunes (programa necessário para ouvir o streaming em desktops). Ela também bloqueia música classificadas como "Explicit". Confira como resolver o problema no computador.

Passo 1. Acesse o menu do iTunes, tocando no botão do canto superior esquerdo e depois vá em "Preferências";
Passo 2. Na janela que abrir vá até a opção "Parental";
Passo 3. Nela, desmarque a caixa de seleção que diz "Músicas com conteúdo explicíto".

Pronto, desta forma você poderá resolver o problema de músicas desativadas e ouvir qualquer música.
 
 
 Novidades nas musicas do iphone 6
O Apple Music permite que os usuários acompanhem seus artistas favoritas através do Connect. O recurso já vem habilitado e, por padrão, você já está seguindo os cantores e bandas das músicas da sua biblioteca do iCloud. Confira as dicas sobre como usar o Connect para seguir seus artistas e bandas favoritas.

Configurando o seu perfil
Passo 1. No iOS, abra o novo aplicativo de músicas e toque sobre o botão no canto superior esquerdo da tela. Em seguida, toque sobre o seu nome;
Passo 2. Toque em “Editar”, no canto superior direito da tela. Por fim, entre com um apelido (@nome) e adicione uma foto;
Passo 3. Para configurar o seu perfil no computador, usando o iTunes, clique sobre o seu nome de usuário, à esquerda da barra de buscas. Em seguida, clique sobre o seu nome;
Passo 4. Por fim, edite o seu nome, adicione um apelido e, após fazer os ajustes desejados, clique em “Salvar” ;
Passo 5. No iOS, abra o novo aplicativo de músicas e toque sobre o botão localizado no canto superior esquerdo da tela. Em seguida, toque em “Seguindo”. A lista de artistas que você está seguindo será carregada;
Passo 6. Toque em “Não seguir” para deixar de acompanhar um artista. Caso queira seguir alguma banda ou músico, toque em “Seguir mais artistas e curadores”. Por fim, localize-o e toque em “Seguir”;
Passo 7. No iTunes para computador, o usuário pode usar a busca integrado do aplicativo para localizar um artista ou banda;
Passo 8. Nos resultados da pesquisa, acesse a página do artista ou banda clicando sobre o resultado na seção “Artistas”;
Passo 9. Por fim, clique em “Seguir” para acompanhar os trabalhos do artista;
Passo 10. No iOS, o feed de notícias do Connect pode ser acesso pelo aplicativo de músicas, tocando sobre o botão localizado no canto inferior direito da tela;
Passo 11. Caso esteja no computador, basta abrir o iTunes e clicar em “Connect”, na barra superior da janela.

Pronto! Com essas dicas, você poderá usar o Connect para acompanhar os trabalhos dos seus artistas e bandas preferidas.
 
 
 Apple perde a liderança em vendas de smartphones na China mesmo com o lançamento do iphone 6
A Apple não é mais rainha do mercado de smartphones na China, segundo a empresa de pesquisa Canalys. Para o segundo trimestre do ano, a fabricante local, Xiaomi, se recuperou com uma quota de mercado estimada de 15,9%, roubando o primeiro lugar da Maçã. Em segundo temos a Huawei que apresentou um ótimo resultado no mercado de smartphones em 2015 com um total 15,7% das vendas. A demanda por telefones de ambos os rivais locais da Apple empurrou a empresa para o terceiro lugar, depois de ter sido a protagonista deste setor nos dois últimos trimestres.

No último trimestre de 2014, o iPhone 6 e iPhone 6 Plus ajudaram a Apple a prender o primeiro lugar na China pela primeira vez, de acordo com a Canalys, superando tanto Xiaomi e Huawei. Dado que o preço de venda do iPhone é maior do que o de telefones feitos por fornecedores chineses, Canalys chamou isso de "um resultado surpreendente" naquele momento. A Apple manteve a sua posição dominante na China durante o primeiro trimestre de 2015, segundo a empresa de pesquisas International Data Corporation, com uma quota de 14,7% e os embarques de 14,5 milhões de mercado.

O que há por trás da mudança nas fileiras? O iPhone 6 e iPhone 6 Plus agora estão com 10 meses de idade, e a próxima geração da Apple tende a ser revelada em setembro. A demanda para a formação atual tipicamente tende a diminuir com cada novo trimestre. Sendo o segundo trimestre da Apple (terceiro trimestre fiscal) geralmente o mais fraco. Além disso, o mercado de smartphones chinês tornou-se mais saturado e lento, levando a uma maior consolidação entre os principais fornecedores. Ambos oferecem uma vasta gama de produtos de nível médio com preços mais acessíveis aos consumidores.

"O mercado chinês de smartphones continua a amadurecer, permanecendo estagnado trimestre a trimestre", disse o analista da Canalys, Jingwen Wang, em um comunicado de imprensa. "A competição entre as principais marcas nunca foi tão intensa. Huawei registrou os maiores embarques de smartphones em sua história, sem comprometer a sua margem de produto ou rentabilidade."
Em seu breve comunicado de imprensa, Canalys não especificou a quota de mercado no segundo trimestre da Apple na China. Mas um relatório do Counterpoint Research previu números de participação de mercado de 15,8% para Xiaomi, 15,4% para Huawei e 12,2% para a Apple, de acordo com o TechCrunch. Embarques de smartphones da Apple na China manteve-se forte, de acordo com Counterpoint, apesar da desaceleração sazonal.

China continua a ser um forte mercado para a Apple. Durante o primeiro trimestre do ano, a China passou oficialmente os EUA como maior mercado para o iPhone. Durante o segundo trimestre, as vendas do smartphone da Maçã no país mais que dobrou, de acordo com a Apple. China está no caminho certo para adicionar quase US$ 60 bilhões em vendas para as receitas globais e quase US$ 15 bilhões em receita operacional em 2015, da Apple, disse Counterpoint. No entanto, o CEO da empresa, Tim Cook, reconheceu que a China poderia ver algumas dificuldades de fornecimento por causa de problemas econômicos.

A China é o maior mercado de smartphones do mundo. Mas a demanda por celulares vem caindo. O crescimento do mercado de smartphones do país durante todo 2015 será relativamente plano, previu o IDC China. O país é muitas vezes considerado como um mercado emergente, mas a realidade é que a grande maioria dos telefones vendidos na China são smartphones, semelhante a outros mercados de primeiro mundo como os EUA, Reino Unido, Austrália e Japão.
 
 
 Capa de iphone 6 que transforma smartphone em estúdio faz sucesso na Internet
A nova case para smartphone Olloclip traz um sistema integrado de fotografia móvel e promete transformar seu dispositivo em um estúdio portátil. O sistema combina uma capa protetora resistente com uma série de acessórios para garantir o melhor resultado. O gadget está em fase de arrecadação no site de financiamento coletivo Kickstarter e tem feito sucesso.
Desenvolvido pela empresa que dá nome ao aparelho, Olloclip vem junto com um kit que conta com um clip para os dedos que fará com que você nunca mais segure o smartphone da mesma forma. Além disso, ele também conta com um tripé, tanto para paisagem quanto para retrato, um conjunto de adaptadores para flash e microfone. O case ainda conta com lentes 4 em 1: macro, olho de peixe, ultra-largas e uma especial para selfies.
Usar carregador de outra marca estraga o celular? Descubra no Fórum do TechTudo.
A novidade também promete ser ideal para aqueles que utilizam muito aplicativos de streaming, como Periscope e Meerkat, e também o próprio Snapchat ou Instagram. Ele irá permitir que o usuário filme com maior segurança e praticidade, além de garantir imagens de alta qualidade. O dispositivo está disponível em versões para iPhone 6 e iPhone 6 Plus.
Olloclip ultrapassou a meta de U$ 100 mil (cerca de R$ 318.260). O pacote mais simples pode ser comprado por U$ 35 (cerca de R$ 111,39) e pode ser enviado para o Brasil, com uma taxa de entrega de U$ 20 (cerca de R$ 63,65). As entregas estão previstas para começaram em setembro de 2015.
 
 
 Comparativo de leitores biométricos: Galaxy S6 vs iPhone 6 vs Note 4 vs Huawei Mate7 vs Meizu MX4 Pro
Aparelhos foram colocados lado-a-lado em várias categorias, para ajudar usuários a escolher o que melhor se encaixa em suas necessidades
Leitores biométricos estão cada vez mais presentes nos smartphones e tablets nos dias de hoje. Tudo começou com o Toshiba PORTEGE G500, em 2007, depois em 2011 com o Motorola Atrix 4G, sendo adotado em seguida pela Apple no iPhone 5S e pela Samsung no Galaxy S5, e atualmente podemos vê-los em diversas implementações dos mais diferentes tipos, seja em aparelhos top de linha ou de médio custo. Esses sensores migraram de laptops e sistemas de segurança para nossos bolsos, especialmente, por tornarem nosso dia-a-dia mais simples, e por reforçarem a segurança de nossos dados pessoais.
Após a implementação da Apple, a impressão digital começou a ser largamente explorada em diversas situações, seja para desbloquear os aparelhos, autenticar informações, ou até mesmo fazer pagamentos, especialmente com a indústria de pagamentos móveis crescendo em um ritmo impressionante. A própria Samsung já evoluiu bastante sua tecnologia biométrica, especialmente se compararmos os sensores presentes nos Galaxies S6 e S6 Edge, aos utilizados no S5, Alpha e Note 4. Agora, fabricantes como a HTC, Huawei, Meizu e até mesmo Motorola estão preparando-se para entrar de cabeça nessa tecnologia, especialmente após o anúncio do Android M, que contará com APIs dedicadas a esse tipo de segurança. Pensando nisso, o site PhoneArena resolveu fazer uma comparação entre diversos dos sensores oferecidos atualmente no mercado, para ajudar um possível comprador que esteja em dúvida sobre qual aparelho possui a melhor implementação desse tipo de funcionalidade.
Para esse comparativo, foram selecionados 5 aparelhos, todos lançados nos últimos 10 meses: Galaxy S6, iPhone 6, Galaxy Note 4, Ascend Mate7 e Meizu MX4. As propriedades e funções de cada um foram listadas na tabela abaixo:
Também foram considerados pontos como o design e ergonomia, que mesmo sendo uma variável difícil de se comparar (afinal de contas, cada um tem um gosto diferente), entrou como sendo um diferencial no processo. Para começar, o tamanho dos sensores tem um papel muito importante para quem utiliza esse tipo de tecnologia; Quanto maior o aparelho, menos necessidade ele tem de que o sensor seja posicionado em sua parte frontal, logo abaixo da tela, como é o caso do Galaxy Note 4, foi aí que o Huawei Ascend Mate7 e suas gigantescas 6 polegadas brilharam, pois a empresa teve a sacada genial de colocá-lo na parte traseira logo abaixo da câmera, facilitando ainda mais o seu uso. O tamanho do dispositivo também colabora para seu manuseio e facilidade de derrubá-lo enquanto tentando acionar o sensor, o que deu ao Note 4 uma nota ruim, por causa do posicionamento inadequado de seu leitor biométrico.
Outro ponto a ser considerado, foi a facilidade de desbloqueio do aparelho, onde o Ascend Mate 7 ficou para trás, pois todos os outros possuem o botão home e o sensor biométrico posicionados na mesma peça, o que também o colocou em vantagem em outra categoria, vendo que seu leitor não é tão óbvio quanto o de seus concorrentes, e fica escondido na parte traseira, colaborando para um design mais harmonioso no portátil. Ficamos decepcionados ao ver que nenhuma das soluções oferecem a possibilidade de releitura, caso o dedo não seja posicionado de forma correta, forçando o usuário a retirá-lo do sensor, e tentar novamente.Ficamos decepcionados ao ver que nenhuma das soluções oferecem a possibilidade de releitura, caso o dedo não seja posicionado de forma correta, forçando o usuário a retirá-lo do sensor, e tentar novamente.
É claro que cada um tem sua preferência de marca, ergonomia, acabamento, design, etc., mas venhamos e convenhamos, os números não mentem: O Huawei Ascend Mate7 levou uma vantagem óbvia nessa comparação. Não só ele foi um dos que apresentou uma maior “confortabilidade”, como também tem um plus sob a concorrência, que é o fato dele poder desbloquear a tela sem sequer ela estar ativa. A fabricante chinesa Meizu também mostrou que está melhorando, e cada vez mais, alcançando seus concorrentes, especialmente pelo fato de ser uma das únicas (junto com a Huwaei) a apresentar a opção de bloquear determinados apps no aparelho. As soluções da Apple e do S6 da Samsung também se saíram bem nos testes, mas especialmente a Apple, deveria considerar uma aproximação um pouco mais precisa em seus próximos portáteis.
 
 
 Os top 5 smartphones de 2015 e o iphone 6 esta entre eles
Smartphones são os objetos de desejo dos viciados em tecnologia. Com eles podemos jogar, integrar com nossos outros dispositivos e ter uma central de entretenimento, usar para ver tv ou ouvir música, ler e-mails, trabalhar, falar através das redes sociais, criar uma lan, fazer qualquer tipo de coisa com algum app específico, navegar via GPS, e, acreditem, até ligar e mandar sms.

As principais empresas do ramo lutam a cada dia para trazer uma nova atualização, função, câmera com mais definição, mais memória, mais espaço para armazenamento, mais fino, maior tela, mais velocidade de resposta e processamento, enfim, melhor hardware a cada nova geração e lançamento. Quem sai ganhando com isso somos nós, consumidores que gostamos de estar sempre com o aparelho mais up to date do mercado.

O único probleminha é que essa exclusividade tem um preço - altíssima na maioria das vezes. Mas, para nos dar uma - boa - ajuda, temos cupom ponto frio.

Vamos ver então quais são os 5 aparelhos mais desejados pelos amantes de tecnologia atualmente.

iPhone 6 Plus
Embora lançado em 2014, o iPhone 6 Plus merece estar nessa lista, claro que devido mais ao fato de ter mais um marketing pesado do que um hardware condizente com o preço. Independente disso o iPhone é a marca de smartphones mais desejados do mundo. É bem verdade que pelo preço ele deveria ser mais potente, afinal, os concorrentes entregam mais, cobrando menos. Mas mesmo assim, seja você um fanboy ou um hater da Apple, em uma coisa todos concordamos: O aparelho é top!

Com tela de 5.5 polegadas com proteção anti-risco da Apple, o iPhone 6 Plus conta com uma resolução Full HD de 1920 x 1080 (o que dá uma densidade de 401 pixels por polegada), chipset Apple A8 e para rodar tudo isso um processador Cyclone dual-core de 1.4 GHz. O provessamento gráfico fica por conta de uma GPU quad-core Power VR GX6450.

A versão top vem com 128 GB de armazenamento interno para garantir que você nunca passe por um aperto, precisando apagar fotos, vídeos, apps, etc. Falando em fotos, elas serão tiradas com uma câmera traseira de 8 MP ou então com qualidade de 1.2 MP caso seja uma selfie com a câmera frontal. A bateria tem 2915 mAh, uma das melhores entre os tops de linha. O aparelho roda ainda o iOs 8, talvez o sistema operacional mobile mais seguro e estável do mercado.

Pontos positivos:
Sistema operacional confiável
Até 128 gb de armazenamento
Lindo

Pontos negativos:
Apenas 1 chip
Sem espaço para cartão de memória
Câmeras fracas em relação aos concorrentes da mesma faixa de preço
Apenas 1GB de memória RAM

Galaxy S6 Edge 
Lançado recentemente para ser a principal arma da empresa sul-coreana contra o iPhone 6 Plus, o Samsung Galaxy s6 Edge dá conta do recado e entrega um excelente aparelho em todos os quesitos. Sua principal marca é o design que conta com uma tela curvada totalmente funcional e sensível ao toque que se estende até as laterais do aparelho e apresentam algumas interações exclusivas com o usuário.

Sua segurança estará totalmente garantida, pois o S6 Edge vem com o sistema de unlock via digital mais avançado do mercado. O Android 5.0.1 também chega trazendo muitos apps nativos e super-úteis, como o S Health, seu personal trainer particular. Outro quesito muito importante são os testes de benchmarks, e aqui o Edge arrasou. O top dos tops da Samsung já foi testado aqui pelo Oficina e aprovado. Confira tudo que pudemos falar sobre ele após os testes.

Quanto às especificações de hardware temos: Tela de 5.1 polegadas protegida com o Gorilla Glass mais potente da atualidade (versão 4), 577 ppi, processador Exynos 7420 octa-Core  (4 núcleos de 1,5 GHZ e 4 núcleos de 2,1 GHZ), gpu Ma T760, 3 GB de memória RAM, até 64 GB de armazenamento interno, câmera frontal de 5 MP e traseira de 16 (faz vídeos de resolução 4k a uma taxa de 30 quadros por segundo. No conjunto de câmera temos uma traseira de 16 MP e frontal de 1,2. A diversão é garantida por horas através de uma bateria de 3600 mAh.

Pontos positivos:
Design e usabilidade das Edges
Ótimas funcionalidades e apps
Desempenho impecável
Setup de câmeras incríveis

Pontos negativos:
Sem espaço para cartão de memória
Bateria poderia durar mais
Android ainda precisa otimizar a TouchWiz

Sony Xperia Z3+
A Sony também entrou sério na briga pra ver quem tem o melhor smartphone do mercado. E eles não vieram fracos não. Evolução do Z3, outro sucesso de vendas e de críticas, o Sony Xperia Z3+ é já está confirmado para o Brasil e tem previsão de vendas para os próximos meses. Enquanto isso o aparelho já está sendo comercializado em países asiáticos desde o dia 10 de junho deste ano com o nome de Xperia Z4 e as primeiras impressões são animadoras.

As expectativas dos ocidentais são motivadas por um hardware poderoso, afinal, são 3GB de memória RAM, processasdor Qualcomm Snapdragon 810 hepta-core 64 bits (4 núcleos de 2,0 GHz e outros 2 núcleos de 1,5 Ghz), 32 GB de armazenamento interno (além do espaço para cartão MicroSD), GPU Adreno 430, bateria com 2930 mAh de capacidade, câmera traseira de 20,7 MP e frontal de 5 MP. O tamanho dele é aquele ideal para quem não gosta de telefones gigantescos, mas quer uma tela grande o suficiente para ver Netflix, fotos, jogos, etc. São 5.2 polegadas e resolução Full HD.

Esperamos com ansiedade esse aparelho top aqui nos reviews do Oficina.

Pontos positivos
Memória RAM
Câmeras potentes
Processador e GPU excelentes

Pontos negativos
Pouco armazenamento interno para os celulares da última geração
Alguns vão achar que a tela deveria ser maior

Lg G4
Trata-se do aparelho mais poderoso da marca sul-coreana, carrega altas expectativas, e, prepare-se: já está em nossa redação e, em algumas semanas, entrará na nossa sessão de reviews o/

Se você tem/teve ou leu nosso review do G3 vai notar muitas semelhanças com o seu predecessor, o G3, principalmente no que diz respeito à estética. A principal característica são os botões na traseira do aparelho e a traseira levemente curvada presente cada vez mais nos últimos lançamentos da marca. Aliás, se você gosta da parte visual do aparelho vai se identificar com o LG G4. São dezenas de traseiras disponíveis, desde capinhas de plástico com diamantes até aquelas com detalhes em couro.

O hardware também acompanha a grandeza do aparelho. São 32 GB de memória interna (expansível até 128 GB), 3 GB de memória RAM, câmera traseira de 16 e frontal de 8 MP, processador Hexa-core (4 núcleos de 1.44 GHz e outros 2 núcleos de 1.82 GHz). Este hardware, juntamente a uma GPU Adreno 418, irá gerar excelentes gráficos 4k de 2560 x 1440 a serem exibidos em uma tela de 5.5 polegadas protegida com Corning Gorilla Glass 3, e a bateria tem 2900 mAh de capacidade. Top, hein?

Pontos positivos:
Vídeos 4k a 60 FPS
Resolução 4k – melhor entre os tops
Melhor câmera frontal dentre os tops
Aceita cartões de memória com até 128GB de capacidade

Pontos negativos:
Poderia ter Gorilla Glass 4
Botões na traseira (ponto negativo extremamente pessoal)

Moto Maxx 
O Moto Maxx é o mais desejado dos aparelhos da Motorola, sem dúvidas. E mesmo que ele tenha sido lançado em 2014, tem todo o direito de figurar na lista dos tops 2015, afinal, em termos de hardware, foi o melhor dos smartphones que já passaram aqui pelo Oficina.

O aparelho tem tela de 5.2 polegadas com resolução 4k de 2560 x 1440 pixels de resolução. Olha só o hardware dele como é potente: São 3 GB de RAM, processador Qualcomm Snapdragon 805 quad-core 2,7 GHz Krait 450, GPU Adreno 420, armazenamento interno de 64GB, câmera traseira de 21 MP (faz vídeos 4k a taxa de 30 FPS), frontal de 2MP, Gorila Glass 3 e bateria com incríveis 3900 mAh.

Achou incrível as configurações? Então clica no título ali em cima e corre pra ler nosso review completo e assistir nosso reviewdeo.

Pontos positivos:
Melhor resolução (4k), memória RAM e bateria entre os tops de linha
Conjunto de câmeras excepcional
Melhor hardware que já passou pelo Oficina

Pontos negativos:
Não possui entrada para cartão de memória externo
Poderia ter Gorilla Glass 4
Design (ponto negativo extremamente pessoal)
 
 
 Aparelho que transforma o seu iphone 6 em uma camera retro top faz sucesso
A Lumenati CS1 é uma case que permite criar filmes ao estilo “clássico” usando um iPhone 6. O aparelho oferece troca de lentes frontais e o usuário pode compartilhar as gravações salvas em formato digital. A câmera de mão foi publicada em um projeto do Kickstarter e está fazendo sucesso na web.
Para quem é fã da câmera retrô, o design da  Lumenati CS1 vai agradar, só que em uma versão mais moderna. Para funcionar, o usuário precisa encaixar o iPhone 6 em uma abertura lateral. Um dos destaques é a possibilidade de trocar de lentes, em resolução HD, dentre opções de Wide, Macro, Olho de Peixe e mais.
A usabilidade também é feita ao modo antigo: está presente visor óptico e suporte para segurar com uma das mãos. As funções são controladas com um app para iOS, que permite editar trechos das gravações, conferir o resultado e compartilhar. Em dimensões, a câmera de mão é compacta com 177,8 x 152,4 x 76,2 mm.
Nas funções, estão presentes filtros, microfone, luzes internas, foco manual e automático, sensor de iluminação, estabilização automática, controle de exposição e mais recursos. O projeto publicado na Kickstarter pelo escocês Scott McDonald, Co-fundador da Lumenati, já avançou sua meta inicial,que era de US$ 75 mil. Se conseguirem mais do que US$ 125 mil, o usuário poderá escolher versões em cores diferenciadas do aparelho.
O valor do modelo básico da Lumenati CS1 é de US$ 150 (cerca de R$ 470), na cor branca. O envio é feito para qualquer lugar do mundo, inclusive Brasil, com previsão para fevereiro de 2016. O desenvolvedor já tem planos de adaptar a câmera retrô para o próximo modelo de iPhone.
 
 
 O iPhone 6 Plus explode conectado à tomada em Hong Kong
No último fim de semana, em Hong Kong, uma mulher afirma que o seu iPhone 6 Plus de 128GB literalmente explodiu enquanto carregava pela madrugada, fazendo com que não somente a tela do aparelho fosse danificada, mas derretendo significativamente a tampa traseira e componentes internos do dispositivo.

A mulher diz que conectou o seu iPhone ao carregador por volta de 1h no sábado, deixando o dispositivo sobre a mesa ao lado de sua cama. Cerca de sete horas mais tarde, ela foi acordada por um grande estrondo e se deparou com o seu iPhone em chamas.

Ela não se feriu, mas diz que pedirá indenização à Apple. A mulher afirma que utilizou somente produtos autênticos da Apple na hora do incidente, incluindo o carregador. Ela observa, ainda, que estava usando um cabo de carregamento do iPad, o que não deva interferir e/ou fazer grandes diferenças em um caso como estes.

Lo Kok-kung, funcionário do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Politécnica de Hong Kong, disse ao Daily Apple que o incidente pode ter acontecido por uma questão de curto-circuito ou sobrecarga.

"O recurso que corta a energia automaticamente do aparelho na hora de carregá-lo pode ter ficado fora de ordem, portanto, a bateria acabou explodindo devido ao calor excessivo", disse Lo em entrevista.

Casos envolvendo iPhones e explosões acontecem, mas são raros. Esta não é a primeira vez que ouvimos falar de um incidente como estes e provavelmente não será a última, no entanto, esta pode não ser uma falha generalizada e deve não acontecer com outros proprietários do mesmo modelo.

Assim como já é esperado, a Apple deverá solicitar o iPhone 6 Plus da mulher para que possa fazer suas próprias investigações.
 
 
 
posts blogado Posts
Setembro de 2010 5  postagens    
Fevereiro de 2011 5  postagens    
Março de 2011 26  postagens    
Maio de 2011 19  postagens    
Julho de 2011 11  postagens    
Agosto de 2011 11  postagens    
Janeiro de 2012 19  postagens    
Março de 2012 6  postagens    
Junho de 2012 7  postagens    
Julho de 2012 8  postagens    
Setembro de 2012 1  postagens    
Outubro de 2012 1  postagens    
Novembro de 2012 8  postagens    
Março de 2013 6  postagens    
Maio de 2013 4  postagens    
Junho de 2013 16  postagens    
Setembro de 2013 1  postagens    
Outubro de 2013 1  postagens    
Novembro de 2013 6  postagens    
Dezembro de 2013 1  postagens    
Janeiro de 2014 4  postagens    
Fevereiro de 2014 1  postagens    
Março de 2014 30  postagens    
Abril de 2014 3  postagens    
Junho de 2014 9  postagens    
Agosto de 2014 1  postagens    
Setembro de 2014 1  postagens    
Novembro de 2014 1  postagens    
Dezembro de 2014 5  postagens    
Janeiro de 2015 7  postagens    
Fevereiro de 2015 36  postagens    
Março de 2015 25  postagens    
Abril de 2015 35  postagens    
Maio de 2015 51  postagens    
Junho de 2015 22  postagens    
Julho de 2015 47  postagens    
Agosto de 2015 10  postagens    
Todos os Posts
Categorias
Auguste Renoir
Caravaggio
Cemitérios
Cidades
Diego Velázquez
Iphone
Leonardo da Vinci
Michelangelo Buonarroti
Notícias
Notícias da Arte
Pablo Picasso
Parques
Paul Cézanne
Prefeituras
Rafael Sanzio
Salvador Dalí
Sandro Botticelli
Vincent Van Gogh
 
Untitled Document